O Festival de la Canción Gallega (1960-1967) é um evento celebrado em Ponte Vedra cujo impulsor intelectual foi o crítico musical António Fernández-Cid e que contou com a colaboração necessária do presidente na altura da câmara municipal José Filgueira Valverde.

O número 2 de Opúsculos das Artes está dedicado a dar a conhecer a presença no Festival de sete compositores portugueses de grande prestígio: Rui Coelho (1892-1986), Cláudio Carneyro (1895-1963), Frederico de Freitas (1902-1980), Victor Macedo Pinto (1917-1964), João de Freitas Branco (1922-1989), Joly Braga Santos (1924-1988) e Jorge Rosado Peixinho (1940-1995). Todos eles compuseram as suas partituras sobre textos de poetas galegos, a maioria relacionados com a família Álvarez Blázquez e com a cidade do Leres.

Consideramos que, desde já, este volume dos Opúsculos das Artes constitui um documento imprescindível para um melhor conhecimento da música na Galiza da segunda metade do século XX e, também da música contemporânea portuguesa.

 

Deixar uma resposta